sábado, 11 de abril de 2015

Relaxamento e outras ideias para momento antes de dormir

Sugestões para o momento do soninho:

1) Música suave
Coloque uma música que sintonize a criança com a sensação de 'desligar' a atividade cerebral agitada, veja as reações dela quanto à música colocada, e vá testando outras músicas.
Ainda bebezinho, percebíamos com quais músicas meu filho se aquietava, e quais lhe incomodava. Sons de chuva, água corrente, passarinhos... costumam agradar bastante.

2) Massagem suave
Toques corporais, realizados com as mãos especialmente cheias de amorosidade (nunca se o adulto estiver nervoso), ajudam o corpo a relaxar quase que instantaneamente.
Se, junto a isso, você falar de maneira suave e firme (não melosa, hehe), indicando à atividade mental que é para relaxar a parte do corpo onde está tocando, acelera ainda mais o processo.

Como eu faço:
Com meu  filho deitado, começo por seus pés (a não ser que ele peça diferente). Pego em cada um de seus dedinhos dos pés, e vou dizendo "relaaaaxa os dedos dos pés, relaxa a sola do pé, relaxa o calcanhar, etc...)
Costumo aproveitar e associar aqui a ideia de gratidão com relação à função das partes de nosso corpo, dizendo " vamos ser gratos e felizes por você ter um pezinho que te leva para onde você deseja ir, que te permite ficar em pé, que aguenta seu corpinho. Vamos agora relaxá-lo, dando-lhe o descanso merecido. Obrigada, pezinho, por seu trabalho tão bem feito."

Fazendo de conta que dorme, acreditam?
Imagem: blogdabia.com
Quando vejo que meu filho está mais desperto, faço a versão completa, rsrs, incluindo nomes e agradecimentos aos órgãos internos do corpo, e assim, encosto a mão na direção aproximada de onde ficam e digo "somos gratos, rim, por seu trabalho de filtrar nosso sangue e separar o que o corpo não vai precisar".
Esse trabalho acaba levando ainda mais conhecimento às crianças, mas o que fica de mais valioso é o contato entre as duas pessoas e a gratidão por tudo o que se é.

Quando vejo que o sono já está pegando, faço uma versão mais reduzida do relaxamento, falando de pés, pernas, órgãos que estão dentro da barriga (desse jeito mesmo, englobando todos de uma vez sem citar nomes), braços, mãos, rosto e cabeça. O carinho na cabeça costuma ser a finalização, e chego até lá mesmo se meu filho já tiver dormido. Certamente fará diferença.

3) Retrospectiva do dia e gratidão
Fazemos uma retrospectiva do dia, tentando lembrar com riqueza de detalhes tudo o que o filhote fez - e também como se sentiu, o que é ainda mais importante.
Agradecemos por tudo o que passamos, o que tivemos, o que somos. Enfatizando a oportunidade de estarmos numa casa, de estarmos em família, de estarmos com saúde e alimento, e de termos sabedoria para lidar com tudo isso.

4) Histórias de família
Essa eu aprendi com a Cíntia Anira, numa conversa ela me contou que o marido contava histórias de quando ela e ele eram mais novos para a filha dormir. Eu amei a ideia e fui testar. 
Meu filho adorou ouvir minhas histórias "de quando era pequena", como ele diz, e começou a pedir histórias do papai, quando era ele que o colocava para dormir.
Já tem suas histórias preferidas, e pede para eu repetir.
Isso faz com que a gente trabalhe internamente nossas histórias pessoais, exercite nossa memória e nos leva até a conversar com familiares a respeito de assuntos que ficaram lá pra atrás.

5) Relaxamento em áudio
Às vezes ouvimos o relaxamento pelo celular, desses em que o locutor propõe a imaginar que estamos num lugar calmo, tranquilo, com natureza, etc...
Gosto de ouvir esse aqui quando estou com meu filho: clica!
Gosto de ouvir esse aqui quando estou sozinha: clica!

Bom soninho!


Um comentário:

  1. Fantástico!!!!!!!!! Bjs e que legal que vc usou nossa dica! :)

    ResponderExcluir